Neuras da Mamãe - Blog

Você sabe o que é TEA ou Autismo?

Nos dias atuais é difícil alguém nunca ter ouvido falar algo sobre TEA (Transtorno do Espectro Autista), ou o simplesmente Autismo, mesmo assim, ainda corre muita desinformação, entre preconceitos, desconhecimento, senso comum e suposições. Então gostaríamos de esclarecer aqui o que de fato é o TEA.

Primeiramente o TEA é um Transtorno do Neurodesenvolvimento que tem como sintomas mais comuns, dificuldades de interação social, dificuldades na comunicação (tanto em como se comunica e o quanto se comunica), padrões de comportamento, atividades e interesses restritos e estereotipados.

Autismo não tem forma física (não existe cara de autismo), não tem marcador biológico (ou seja, não existe nada no organismo que indique a severidade do quadro) e não tem exames específicos para serem solicitados (não é possível diagnosticar através de tomografias, ressonâncias, exames de sangue ou qualquer outro).

Temos que observar o comportamento, desenvolvimento da criança, sua interação com outras crianças da mesma idade, ou seja, um conjunto de informações que dependem de muitas variáveis.

Quais os principais sinais que devo observar?

  • Dificuldade de interação social

Ele vai a lugares que tem outras pessoas, muitas vezes não chega a apresentar um isolamento grave, de não querer ver ninguém. Se mantém em festas, reuniões e escolas. Mas seu jeito e forma de interação com adultos e crianças são inadequados, trazendo problemas ao seu desenvolvimento social. Há dificuldades em compartilhar brincadeiras imaginativas ou em fazer amigos e ausência de interesse em outras pessoas.

  • Déficit quantitativo e qualitativo de comunicação

Há uma dificuldade de compreender situações de comunicação social e de estabelecer um diálogo normal, ou seja, de se envolver em uma conversa. Pois sua maior dificuldade está em demonstrar reciprocidade, já que não há troca de interesses, emoções e afetos. Em alguns casos de maior comprometimento, a pessoa com TEA pode apresentar ecolalia, ou seja, reproduzem uma repetição do que ela escuta os outros dizerem.

Comunicação não-verbal também está prejudicada, pois o contato visual é empobrecido, dificuldade tanto na leitura das expressões faciais, quanto em demonstrá-las.

  • Padrões de comportamento, atividades e interesses restritos e estereotipados

Crianças e adultos com TEA não possuem uma grande margem de interesses. Geralmente se interessam por poucos assuntos e fazem daqueles temas seus assuntos de mão única (ou seja, não sabem conversar sobre outra coisa).

Além dos movimentos motores estereotipados (como chacoalhar os braços, mover os dedos constantemente como se estivesse contando, ficar pulando, andando de um lado a outro), que são basicamente comportamentos que repetem com muita insistência e normalmente fora de contexto, o que acaba atrapalhando o desenvolvimento social e comunicativo do paciente, podendo prejudicar também a alimentação e até mesmo o sono.

Existem alguns tipos de estereotipias, como a motora, a de fala, com objetos, rituais de movimentos, persistir em rotinas individuais, todos estes tipos causam impacto na vida da pessoa com autismo.

Criam padrões de organização por categorias pré-estabelecidas por eles próprios, como por cores, enfileirados, por tamanho. E apegam-se a rotina exageradamente de tal forma que se a repetição em que ele está acostumado é interrompida, podem provocar surtos difíceis de controlar.

É correto definir o TEA como leve, moderado ou grave?

Sim! Há diferentes tipos e graus de comprometimento de TEA.

Hoje, o classificamos como leve, moderado ou grave. Esta é a forma correta de se definir o Transtorno do Espectro Autista atualmente e entre esses tipos há diferenças significativas que muitas vezes fazem com que as pessoas que não conhecem bem o transtorno acabem acreditando se tratar de outra coisa.

Não o definimos mais como Asperges, por exemplo, a maneira correta de nomeá-los é TEA Leve, TEA de alto funcionamento ou TEA altas habilidades.

Por ser um distúrbio complexo do desenvolvimento, do comportamento e de diferentes graus de comprometimento, o que define a gravidade é a intensidade dos sintomas definidos acima.

E ainda a melhor forma de se ter bons resultados, nos comportamentos antissociais e repetitivos é o diagnóstico precoce, ou seja, antes dos 3 anos, pois se iniciamos uma intervenção precoce menores são os impactos dos sintomas na vida da pessoa com TEA.

Portanto, se você percebe alguns destes sintomas no seu filho, ou em alguma criança próxima, não deixe para depois, não prolongue a situação. Busque um especialista da área e estude sobre o tema. Afinal, para reconhecer os sintomas do TEA, é preciso muito conhecimento.

Como o autismo afeta cérebro?

Ele é causado e afetado por problemas da arquitetura cerebral, pois a arquitetura é mais imatura, mais inadequada dentro dos padrões de arquitetura da conformação dos neurônios (ou seja, como eles estão distribuídos dentro do cérebro).

No cérebro dos autistas os neurônios estão dispostos de forma mais desorganizada e varia de localização de acordo com as áreas mais afetadas relacionadas ao transtorno em cada criança, por isso alguns autistas falam muito bem, e ao mesmo tempo temos autistas que nem falam, isso explica a discrepância do quadro. É isso que faz com que tenhamos tipo de autismos diferentes e com graus de comprometimento diferentes.

Deixe uma resposta

onze − 6 =

PROCURANDO ALGUM TEMA?

CATEGORIAS

NEURODESENVOLVIMENTO

Aqui iremos falar tanto do desenvolvimento esperado quanto daquele que já tem algum atraso e pode ser sinal de alerta para procurar ajuda profissional.

APRENDIZAGEM

Como as crianças aprendem é algo muito estudado atualmente e hoje sabemos q diversos fatores podem afetar a aprendizagem dos pequenos.

AUTISMO

Atualmente um tema com muita repercussão, mas que ainda gera muitas dúvidas, abordaremos este tema com carinho.

COMPORTAMENTO

Falaremos de tudo o que envolve o comportamento dos pequenos, desde sua personalidade, temperamento, até birras, bullying e outros temas relacionados.

Andrea Luccas - Neuras da Mamãe

ANDREA LUCCAS

CRP: 06/99643​

Thais Peleias - Neuras da Mamãe

THAIS PELEIAS​

CRP: 06/100880​

E-BOOK DO BLOG

Fique ligado, em breve estará disponível nosso E-book, criado com muito carinho, tratando de assuntos relacionados ao nosso blog.

CONTATO

Entre em contato conosco por e-mail ou, se preferir, encaminhe uma mensagem, preenchendo o formulário abaixo:

2019 – Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido pela empresa Klick Saudável
Sites para Profissionais da Saúde